22 de dez de 2008

Primavera!



Criançada que joga bola na rua, chupar picolé
Borboletas, lagartinhas,
Abelha que voa no refrigerante
Ai! Furei o dedo no espinho de uma rosa, elas estão todas abrindo.

Asfalto fresco, cachorro dormindo na calçada
Arco-íris na janela... banho de mangueira.
Ando sem chinelos, converso no portão

Assistir tv de porta aberta, andar de bicicleta.
Garoa fininha, que delícia!

É quando agente faz tudo, tudo que pode ser feito
Mais agora é mais gostoso, há folhas verdes chacoalhando no vento
Todas elas tilintando, anunciando...

Eis que chega a primavera.

Nenhum comentário:

Postar um comentário